sexta-feira, 31 de março de 2017

Bolhas econômicas estão a ponto de deixar os EUA de joelhos: “Os sinais são claros”

Postado por Tyler Durden, no site Zero Hedge. Autor Daniel Lang, trad: btpsilveira


Se você está prestando atenção na degradação que grassa na economia (norte)americana desde a última crise financeira, você provavelmente também está atônito em ver como a economia dos EUA conseguiu chegar tão longe sem desabar. Eu estou. Fico chocado a cada ano que passa sem que aconteça um incidente grave.


Os sinais de perigo estão por todo o lado, para quem estiver disposto a ver, e as luzes vermelhas estão piscando. Qualquer pesquisa superficial sobre os números fundamentais da economia (norte)americana poderá mostrar a qualquer um que ela está em um caminho financeiro insustentável. É matemática simples. Mesmo assim o sistema tem se mostrado mais durável que as pessoas pensam.

Só consigo pensar em uma explicação razoável para isso e é que o sistema está sendo sustentado por esperanças vazias e pela mais completa ignorância. Se cada pessoa em particular soubesse o quanto a economia dos EUA é insustentável, ela desabaria dentro de horas. A população retiraria imediatamente seu dinheiro dos bancos, dos títulos e do mercado de ações e compraria a maior quantidade possível de ativos reais enquanto seu dinheiro ainda valesse alguma coisa. Este poderia ser o primeiro dos vários dominós a cair antes que todo o sistema financeiro entrasse em colapso.

Mas a maioria do povo nem quer pensar nessa possibilidade. Querem mesmo é viver na relativa paz e prosperidade que o atual sistema propicia, e assim ignoram deliberadamente e evitam encarar os fatos o mais que podem. Deixam o seu dinheiro onde está e cruzam os dedos. Em outras palavras, a única coisa que ainda ajuda o sistema é uma confiança imerecida.

Infelizmente, a confiança não tem o poder de manter um sistema insustentável para sempre. Nada tem. O sistema econômico (norte)americano, em particular, está transbordando de bolhas econômicas que não permanecerão infladas por muito tempo mais. A maioria das recessões tem a ver com o estouro de ao menos uma dessas bolhas, porém muitos setores da economia dos EUA podem ser esmagados rapidamente ao mesmo tempo em um futuro próximo. Por exemplo:

Eric Rosengren, presidente do Federal Reserve Bank de Boston, fez recentemente uma admissão espantosa. Os Estados Unidos ainda estão no meio de uma bolha imobiliária. As principais instituições financeiras dos Estados Unidos ainda são possuidoras de mais de 14 trilhões de dólares de empréstimos imobiliários residenciais. Isso significa bem mais que $40.000 dólares de dívida para cada homem, mulher e criança dos EUA.

As taxas de juros muito baixas alimentaram uma bolha de empréstimos pessoais de alto risco e esta bolha parece estar atingindo seus limites. Neste momento, existe mais de 1 milhão de empréstimos pessoais comuns e de alto risco que estão inadimplidos, o maior número desde 2009.

Também existe atualmente um valor de mais de um trilhão de dólares de débitos estudantis no país; muitos débitos desses foram contraídos por famílias de baixa renda. Há pouca esperança de que estes estudantes jamais possam retornar o investimento. É por isso que cerca de 27% dos empréstimos estudantis não foram pagos. Enquanto agora mais de um em cada quatro estudantes estão inadimplentes, esse número era de um em cada nove uma década atrás. É claro que isso não pode prosseguir por muito mais tempo.

E como esquecer o mercado de ações? Apesar de estar experimentando um baixo crescimento do PIB a cada ano desde a recessão, o mercado de ações continuar quebrando recordes. Muitas das companhias no mercado de ações (especialmente empresas de tecnologia) têm um capital de mercado de 20 e até 100 vezes suas vendas ou lucros. Algumas vão ainda mais longe, apesar de não estarem de forma alguma crescendo ou realizando lucros.

A economia dos Estados Unidos está inundada com dinheiro barato e bolhas financeiras que ameaçam destruir dezenas de trilhões de dólares de economias, investimentos e ativos. Todos podem, claro, fechar os olhos e recitar um mantra qualquer esperando que tudo fique bem. Mas não ficará.

Dissemos antes que se todas as pessoas soubessem o quanto a economia dos Estados Unidos é insustentável, ela desabaria rapidamente. Mas, de uma maneira ou de outra, todos acabarão descobrindo que a economia vem cambaleando. Esperança e confiança só podem sustentar a economia por algum tempo. Não todo o tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário