sábado, 26 de dezembro de 2015

Dois belos presentes de Natal para a Síria – Alloush morto, Yarmouk livre.


Resultado de imagem para Moon of Alabamapor Moon of Alabama
Tradução de mberublue


25 de dezembro de 2015 – Hoje a força aérea síria, usando mísseis disparados de aviões contra prédios onde acontecia uma reunião dos líderes do Jaish al-Islam (Exército do Islã) e outros, e matou seu líder Zahran Alloush, vários de seus lugares tenentes e mais algum pessoal da Ahrar al-Shams, Failaq al Rahman, outro grupo salafista antigovernamental, e da Jabhat al-Nusra.


Alloush, que pode ser visto pregando neste vídeo, era um homem extremamente sectário. Ele buscava a “limpeza” de todos os Alawitas e Xiitas da Síria e colocava as mulheres Alawitas em gaiolas penduradas nas praças como escudos humanos contra ataques governamentais. Ele elogiava Osama Bin Laden. Dois anos atrás, Joshua Landis forneceu um perfil de Alloush com traduções de seus discursos.


Resultado de imagem para Zahran Alloush
Zahran Alloush
Alloush tinha muitos e variados inimigos. Diferente dos outros “moderados”, ele lutava não apenas contra o governo mas lutava também contra quem quer que lhe desafiasse, como contra o Estado Islâmico e a al-Nusra. Aos olhos de alguns propagandistas do Golfo ele era considerado um “moderado”, mas suas posições ideológicas em nada diferiam daquelas do Estado Islâmico ou da al-Qaeda. Sua área de atuação era Gouta, leste de Damasco e tinha cerca de 12.000 tropas sob seu comando. Ele e seus homens eram pagos pelos sauditas e turcos.

O fato de que o encontro foi transformado em alvo é um grande sucesso das inteligências da Síria e da Rússia.

Mas hoje aconteceu ainda outro episódio de sucesso para o governo da Síria quando 2.000 seguidores do Estado Islâmico e suas famílias imediatas deixaram Yarmouk depois de um acordo com o governo. Yarmouk é um grande bairro palestino em Damasco. Os homens tiveram permissão para deixar o local em direção a regiões ao leste da Síria, ainda governadas pelo Estado Islâmico. O exército da Síria recolheu muitas armas pesadas deixadas no local e o exército da Síria tomou conta do bairro e de dois bairros adjacentes.

Foram dois grandes presentes de Natal que a Síria recebeu hoje. Enquanto Alloush deverá ser substituído, seu “exército” provavelmente será desmantelado sob um comando de qualquer líder menos brutal e carismático que ele. Já Yarmouk deverá continuar sendo um bairro pacificado, pelo menos em um futuro previsível.

Moon of Alabama Resultado de imagem para Moon of Alabama



Nenhum comentário:

Postar um comentário