segunda-feira, 28 de novembro de 2016

"Se os EUA não pode ou não quer lutar contra o terrorismo, que pelo menos não atrapalhe”: MinDef russo


Resultado de imagem para EUA/ISIS

tradução: btpsilveira

27 de novembro de 2016 Information Clearing House / al manar O ministro da defesa da Rússia, fez um comentário sobre as tentativas de Washington de impedir que petroleiros enviem combustíveis para as Forças Armadas russas na Síria. Se Washington não pode ou não quer lutar contra os terroristas, que ao menos não atrapalhe quem quer, disse o porta voz do ministério, Major General Igor Konashenko na quinta feira.


O porta voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Mark Toner solicitou outros países a não fornecer apoio para petroleiros russos na faina de levar combustível para o grupo de aviação russo na Síria. “Estas declarações, infelizmente, apenas vem confirmar nossas estimativas anteriores de que lutar contra o terrorismo nunca esteve e nem está atualmente na agenda da administração dos EUA”, disse Konashenko.

Washington tem travado negociações, não consegue separar terroristas de oposição e agora estão abertamente pedindo a outros países para atrapalhar a luta antiterrorista de Moscou na Síria “na tentativa de minimizar os fracassos das políticas dos Estados Unidos no país desde 2014” disse o porta voz.

Konashenko afirmou ainda que a coalizão liderada pelos Estados Unidos pode apenas sonhar com sucesso comparável ao alcançado pela Rússia de um ano para cá: mais de 2.000 povoados se uniram ao cessar fogo, 86 grupos armados desistiram de lutar e centenas de milhares entre a população síria puderam retornar pacificamente aos seus lares para começar a reconstrução do país. “Assim – continuou ele – se por acaso você não quer lutar contra o terrorismo, pelo menos saia de nosso caminho. Nosso grupamento aéreo combinado com o exército sírio são mais que o suficiente para combater o terrorismo internacional nesta região”, finalizou.



Nenhum comentário:

Postar um comentário