quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

URGENTE: A Síria afirma ter “controle total” sobre Alepo, declarando vitória

Resultado de imagem para vitória em aleppo 
por Alexander Mercouris, tradução de btpsilveira

As tropas sírias celebram, enquanto o exército declara formalmente a vitória na “Batalha de Alepo”

Na sequência da evacuação dos últimos terroristas que ainda permaneciam na cidade de Alepo, o exército sírio declarou formalmente a vitória e anunciou que toda a cidade está sob seu controle.

O comando geral do exército emitiu uma declaração onde afirma que “A restauração da segurança e estabilidade para Alepo é uma vitória que traduz uma conjuntura estratégica e um importante divisor de águas na luta contra o terrorismo, de um lado, e uma derrota para o projeto terrorista e seus apoiadores de outro”.

Ele acrescentou que este foi um passo importante para reafirmar a capacidade do exército da Síria e de seus aliados para resolver a guerra contra as organizações terroristas e estabelecer uma nova era, quando os terroristas deverão ser expulsos de todo o território do país.

O comandante do exército declarou que “Essa grande conquista será um enorme incentivo para começar a reconstrução do país e eliminar o terrorismo, bem como para restaurar a segurança e a estabilidade para cada pessoa da nação”.

Convocou qualquer um que carregue uma arma, para usá-la contra o terrorismo, pois a luta deve continuar até a liberação total de cada pedaço do território nacional.

Enquanto isso, o presidente da Síria, Bashar Al Assad, conforme relato da agência estatal de notícias SANA, declarou, durante um encontro com o vice ministro de Relações Exteriores do Irã, a vitória do exército sírio em Alepo.

 “uma dura reviravolta para todos os países que são hostis ao povo sírio e que usam o terrorismo como meios para a concretizar seus interesses”.

Há relatos de que as tropas sírias em Alepo estão celebrando sua vitória nas ruas, da tradicional forma árabe – disparando tiros para cima com suas armas.
A “Grande Batalha de Alepo”, que viu a luta se desenvolver durante quatro longos e extenuantes anos, e que no seu curso parecia em mais de uma ocasião que cairia definitivamente em mãos dos jihadistas, acabou. O exército sírio venceu.



Nenhum comentário:

Postar um comentário